Paulo de Tarso Porrelli lança Poesia Muda

Poesia Muda é o título do terceiro livro de Paulo de Tarso Porrelli, que ele lança em formato e-book gratuito. designer Daniel Olitta Belluco assina a capa e a direção de arte. O livro pode ser baixado aqui.

Paulo era adolescente quando o lendário Diário de Piracicaba, no interior paulista, começou a publicar as poesias dele: “Peguei cedo o gosto pela leitura, o meu pai lia Monteiro Lobato lá em casa. Sabe?! Penso que leitores são sentinelas atemporais e que escrever cura a gente”. 

Apaixonado por música, dedica um poema da obra “ao eterno Naná Vasconcelos”, cuja inspiração veio da faixa Uma Tarde no Norte, do álbum Contando Estórias, que o falecido percussionista, compositor e arranjador mundialmente aclamado lançou em 1995. 

Antes de Poesia Muda ele escreveu O Som da Pétala Ágata e Nós de Nada: uma belezura de figura e de palavreado, ambos catalogados na Coleção Latino-Americana da Biblioteca Britânica, no Reino Unido. Versos de Paulo Porrelli estão no livro Trilhos e Letras − uma antologia do trem, com participações de autores como Ivan Lins e Paulo Coelho; em Oficina de Poesia – Revista da Palavra e da Imagem, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Portugal; e na coletânea brasileira Concurso Nacional de Novos Poetas. Com a crônica Duma época de tempos atrás, venceu o 7º Prêmio UFF de Literatura – Vinícius de Moraes 100 Anos, cujo texto integra a antologia lançada pela editora da universidade. 

Ex-presidente da rádio Educativa de Piracicaba, Porrelli teve passagens, entre outras, pelas tevês Globo, Band e EPTV e rádio Jovem Pan, além de ter atuado em comunicação corporativa.

Matéria neste link
https://www.portaldosjornalistas.com.br/paulo-de-tarso-porrelli-lanca-poesia-muda/

Comente

Desenvolvido por Global Sites | LFDesigner